Os Salmos – Conheça o Poder destas Orações

Os Salmos são chamados de “hinos de louvor”.

O Livro dos Salmos é conhecido como os “louvores”, e isto se deve ao fato de ser então o manual dos cânticos do culto no templo, onde o louvor era a característica principal.

Há 15O Salmos, que procuram refletir cada estado de espírito da humanidade. Os Salmos são canções do fundo do coração; freqüentemente, referem-se ao coração como a “taça repleta” ou o “cálice dourado” no templo do corpo. O coração é a denominação antiga utilizada para designar o subconsciente.

O Livro dos Salmos também foi chamado de a “pequena Bíblia“, o que por certo demonstra sua inestimável riqueza espiritual. Esta maravilhosa coletânea de poemas vai de encontro a todas as necessidades do homem. Nestes  há solução para cada problema e resposta a cada prece vinda do coração.



Todos podem identificar-se emocionalmente com qualquer dos 15O Salmos. A palavra “hebreu” no Antigo Testamento significa o “homem que conhece Deus”. Não se refere a nenhuma raça em particular, mas representa todo aquele que tem consciência da Presença de Deus dentro de si e que aplica este conhecimento em sua vida.

A grande ênfase  é “O Senhor reina”. Deus, o Senhor, é nosso “Eu Superior”. Quando o salmista fala das nuvens, elas simbolizam cortinas que escondem o pavilhão da glória de Deus. Quando o salmista fala do trovão, é a voz Divina que chega até nós. A linguagem violenta dos Salmos representa o Fogo Divino, ou a verdade de Deus ressuscitado em sua mente e seu coração. Davi significa o Amado por Deus, o homem que ama a verdade de Deus.

Devemos distinguir entre o verdadeiro Senhor (Deus em você) e o Senhor temporal presente num humor passageiro. O seu Senhor é a sua convicção primordial, sua crença real, interior, subconsciente, em si mesmo, na vida e no Universo.

 

Um Comentário:

  1. A palavra de Deus e fiel para os que nele crê

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *